image_pdfimage_print

Publicado no Jornal de Piracicaba em 31/05/2019

O termo inteligência artificial (IA) foi criado em 1956, se popularizou graças aos crescentes volumes de dados disponíveis, algoritmos avançados, e melhorias no poder e no armazenamento computacionais. A Inteligência artificial é uma área da ciência da computação cujo principal objetivo é criar dispositivos que simulam a capacidade humana de interpretar dados, perceber fatos, raciocinar, tomar decisões e solucionar problemas.

Por exemplo, quando você entra em contato com uma loja pelo site e conversa com um chatbot, você está usando a inteligência artificial. Nesse caso a máquina usa algumas palavras-chave para interpretar a pergunta ou solicitação. A partir daí, o sistema provê uma resposta ou conduz o usuário à outra ferramenta, capaz de solucionar o problema.

Estudos realizados pela Gartner 2018 apontam até 2020, 20% dos cidadãos de nações desenvolvidas usarão assistentes de IA para ajuda-los em uma série de tarefas operacionais diariamente, se tornará um motivador de trabalho liquido positivo, gerando 2,3 milhões de empregos e eliminando apenas 1,8 milhões de empregos.

A IA vem sendo utilizada na gestão de instituições educacionais e os benefícios apontados são vários. Ela é capaz de desenhar um perfil detalhado dos alunos e identificar quais deles estão mais propensos à evasão. Com as informações a instituição educacional pode tomar medidas para prevenir o problema e estabelecer uma comunicação com a família até a sugestão de medidas para potencializar a aprendizagem e favorecer a permanência desse estudante na instituição.

Pode também auxiliar na gestão pedagógica ao cruzar e interpretar as informações, analisa o desempenho dos estudantes em exames internos e externos identificando os conteúdos que eles, realmente dominam, bem como os hiatos de aprendizagem, permitindo concentrar em pontos para melhorar os resultados dos alunos.

Ela consegue identificar o perfil emocional e cognitivo dos estudantes podendo auxiliar o professor a preparar as aulas, estabelecendo ações diferenciadas para determinados indivíduos adaptando seus métodos e planos de acordo com cada um deles. Pode figurar como um atendente virtual trazendo economia e eficiência nas tarefas.

Os softwares como internet bot ou web robot conduzem atividades específicas, de maneira automática na rede atuando como um robô, prestando atendimento a alunos e prospectos por meio da inteligência artificial. É possível além do tirar duvidas passar a executar etapas de interação com o uso de softwares mantendo relacionamento nos mais diversos dias e horários.

Suponha que um potencial aluno deseja uma informação e contata em um sábado ou na madrugada momentos que a instituição nunca atendeu antes ou que atenderia no formato convencional. Isso gera escalabilidade propiciando uma pronta resposta sem que seja preciso fazer o potencial aluno esperar e pagar apenas pelos atendimentos realizados.

Os alunos podem ver suas notas, pagar seus boletos, efetuar uma rematrícula. Aliás, como é um sistema integrado pode ser acessada no próprio website da instituição, no website ou aplicativos como Facebook, Messenger, WhatsApp com acesso tanto no computador como em tablets e smartphones.

São exemplos claros de que o futuro, de fato, chegou e está nas diversas tarefas e segmentos da sociedade.