image_pdfimage_print

Vivemos a Era da Bettinização do Marketing.

Talvez você mesmo já tenha sido impactado de alguma forma:

  • Consultores e agências perdem potenciais clientes, por estes estarem fragilizados e reticentes após ter sofrido nas mãos de um bettinizador.
  • Professores e formadores lamentam ver alunos buscando os atalhos e fórmulas mágicas em detrimento de estudar com sangue, suor e lágrimas.
  • Profissionais em busca de novas possibilidades de carreira eventualmente terão sido preteridos por um bettinizador, que encantou o recrutador com promessas vazias.

Os gurus, a literatura de aeroporto, a cultura do “winner” e diversas contingências sociais nos trouxeram à lamentável bizarrice que se enraiza por todo lado.

Marketing sensacionalista que promete entregar sonhos para almas perdidas afeta o mercado e os bons profissionais. Incautos, ignorantes, deslumbrados e os cegos por esperança tornam-se presas fáceis para os predadores na selva do sucesso fácil.

Bettinizadores bettinizados seguem em busca do Santo Graal, deixando lixo e cicatrizes por onde passam.

Depois de ter apresentado o conceito de “Bettinização” em uma palestra  em Portugal,  Nino gravou um vídeo em que fala sobre como os bons profissionais e as boas práticas sofrem com a Bettinização.

E você? Onde se encaixa na Era da Bettinização?

Nino Carvalho – publicado em 22 de mar de 2019