Em uma transação de cerca de US$ 15 bilhões, que está prestes a ser anunciada, a gigante norte-americana Walmart deve assumir o controle da Flipkart, o maior player do varejo online da Índia. O valor refere-se à compra de 75% das ações da empresa indiana. Caso confirmado, o negócio será o maior investimento direto de uma companhia estrangeira naquele país.

A Flipkart foi fundada em 2007 por dois ex-funcionários da Amazon e ganhou mercado reproduzindo parte das estratégias da mundialmente famosa empresa de comércio online. Seis anos depois, a própria Amazon desembarcou na Índia para concorrer diretamente com a empresa criada por seus antigos colaboradores. Mesmo assim, a Flipkart manteve a liderança em volume de vendas naquele mercado, beneficiada por grandes aportes de capital de investidores estrangeiros.

O Walmart opera na Índia há 11 anos e, segundo uma fonte próxima à transação, pretende expandir o foco atual em itens de consumo durável e vestuário, para a venda via internet de alimentos. Estima-se que o comércio online indiano tenha crescido 26% em 2017. Para este ano, a Forrester Research prevê US$ 27 bilhões em vendas pela internet na Índia.

Fonte: Valor Econômico