image_pdfimage_print
De acordo com uma equipe de pesquisadores do Instituto Nacional de Informática do Japão (NII, na sigla em inglês), sair em fotos fazendo o sinal da paz e amor ou o famoso V de vitória, pode ser suficiente para que os seus dados biométricos sejam roubados e o seu smartphone seja acessado por pessoas mal intencionadas.
A afirmação foi feita pelo pesquisador Isao Echizen a um jornal japonês, que contou que sua equipe conseguiu “roubar” as impressões digitais de uma pessoa a partir de uma foto na qual ela fazia o sinal da paz. Claro que a foto foi tirada com uma boa câmera, a pequena distância e em boa iluminação. “Não é preciso ter tecnologia muito avançada para conseguir reproduzir as impressões digitais de uma pessoa a partir de uma foto. De posse da impressão digital e do dispositivo da pessoa, um indivíduo mal intencionado poderia ter acesso aos dados pessoais gravados no aparelho”, afirmou ao jornal.
Esta não é a primeira vez que esse tema é levantado. Há dois anos, o grupo Chaos Computer Club “roubou” as impressões digitais da ministra de Defesa da Alemanha a partir de uma fotografia em que seus dedos apareciam. Nos Estados Unidos, um dedo feito a partir de uma impressora 3D destravou um celular de uma vítima de homícidio.
Apesar de haver o risco, especialistas estimam que menos de 30% das fotos contendo o símbolo estejam ideais para a retirada da impressão digital. (A Magia do Mundo dos Negócios)